20170816 - A sabedoria da transformação - Post Site

A sabedoria da transformação

O autoconhecimento é essencial para nortear decisões, planejar e realizar objetivos, ampliar competências e habilidades e administrar ações de forma assertiva. O autoconhecimento nos conduz às transformações necessárias, nos leva a uma vida melhor e mais realizada.

O autoconhecimento nos liberta!

Esse é um dos ensinamentos da Monja Coen, em sua palestra A sabedoria da transformação, que tive a oportunidade de participar recentemente.

Em busca do meu autoconhecimento, fui saber o que o budismo pensa sobre transformação. Como devemos enxergar o que a vida nos oferece, sejam coisas boas ou não tão boas assim, e o que fazer com elas? A experiência foi muito interessante, os ensinamentos apresentados nos levam a uma reflexão profunda sobre quem somos, qual o nosso eu verdadeiro e qual a nossa missão.

Encontro com a Monja Coen

Ensinamentos

Viver plenamente. Viver é a maior razão para a busca constante pela transformação.

Agradecer sempre, a tudo, inclusive ao sofrimento e às dores. A gratidão nos faz apreciar os momentos bons e a suportar com força e resiliência os momentos ruins e, a partir daí, fazer as escolhas para uma vida melhor.

Relacionar-se em harmonia. Aprender a andar, comer, falar, acordar cedo, tocar um sino, tudo isso é fácil e possível, mas aprender a se relacionar é diferente, os seres humanos não são iguais, são semelhantes, mas não iguais, por isso, aprender a tratar os outros de acordo com essas diferenças é um desafio. O relacionamento humano é uma arte.

O diálogo deve existir sempre. Não devemos reagir às opiniões dos outros. Em uma conversa podem haver divergências e conflitos, mas confronto jamais. A melhor forma de finalizar uma discussão onde as opiniões são divergentes é dizendo:

Essa maneira de pensar também existe!

Apreciar! Apreciar significa dar preço, dar valor, valorizar o que é importante. Temos que apreciar a vida, cada instante dela, deixar de lado o mau humor e o resmungo, pensar e canalizar energia para as coisas boas. Quando estimulamos a nossa mente com pensamentos e visões positivas, como uma bela paisagem, um livro ou filme bonito, estamos criando um carma benéfico e boas energias retornarão para nós. Quando estimulamos a nossa mente com pensamentos, imagens ou palavras negativas, desenvolvemos o carma maléfico e somente energias ruins se aproximarão de nós. Todas as situações têm um lado positivo e um lado negativo, nós é que escolhemos qual deles vamos valorizar.

Ser feliz! Felicidade significa fértil, frutuoso, que dá frutos. É mais feliz quem dá algo do que quem recebe, mas tem que dar de verdade, ou seja, o que você der ao outro deixa de ser seu e passa a ser dele, e você não poderá mais controlar o que foi dado.

Transformação

Esses ensinamentos nos fazem refletir e compreender que podemos fazer novas escolhas e nos transformar.

Nos transformamos o tempo todo, não somos mais as mesmas pessoas que éramos quando acordamos hoje.

Não podemos retornar ao passado, a vida está em eterno movimento, sempre para frente. Não podemos voltar, podemos apenas escolher qual caminho seguiremos para realizar nossa transformação!